sexta-feira, outubro 27, 2006

para Luzzsh
girassóis
não sonham cores
adormecem
enraizados no vento

6 comentários:

Paulo Osrevni disse...

Os girassóis, que estão condenados a viver sempre submetidos a um deus distante...

Luzzsh disse...

Oi querido-amigo-longe-perto,

Aqui me tens; embevecida, cheia de orgulho e apaixonada. Dia 31/10 é meu aniversário e esse foi meu primeiro presente. E, da maneira como amo as palavras, não poderia ter presente melhor...
A distância [física] pode ser grande, mas o vento que passa aqui é o mesmo que vai pr'aí....não demora nada e pousa em tua face um beijo que mandei...Obrigada, querido-amigo-poeta-talento-e-sentimento.

Rayanne disse...

Eu aqui, de boca aberta. Olhando o sol e sonhando vento.
Lindo.
*Estrelas**

pedro pan disse...

, "os girassóis enraizados no vento" trouxeram várias imagens...
, muito bom!
|abraços meus|

Unattached disse...

Foi a primeira vez que vim a este teu blog. Mas voltarei sempre que puder. Estas poucas palavras que aqui poes são valium no meu café.

Fica bem

Leandro Jardim disse...

O que já estava lindo torna-se ainda mais após a tardia descoberta de alvo da dedicatória!

abraços Jardineiros