terça-feira, fevereiro 20, 2007

a escassez do teu céu
sonhou-te
escapar ao arrebol

2 comentários:

Valéria disse...

céus nunca têm fim...
beijo

Pedro Paulo Pan disse...

, e céu continua a sonhar...
|abraços meus|